Lua_ +
  receitas jeito e talento
      receitas jeito e talento
                 
                 
 
DICAS SOBRE SAÚDE
  SAÚDE
SAÚDE
 
SAÚDE, PREVENÇÃO, HOSPITAL, MÉDICO, REMÉDIO, ORTODONTIA...


Warning: include(saude/smdic/smsaude.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home6/jeitoeta/public_html/Dicas/dicas_saude_b.php on line 303

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'saude/smdic/smsaude.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php') in /home6/jeitoeta/public_html/Dicas/dicas_saude_b.php on line 303

 
 
05 - COMO SE PREVINIR CONTRA LEPTOSPIROSE Ao Ganha Pouco
JM Seguros
 

 

Leptospirose é uma infecção aguda, potencialmente grave, causada por uma bactéria do gênero Leptospira, que é transmitida por animais de diferentes espécies (roedores, suínos, caninos, bovinos) para os seres humanos. Esse micro-organismo pode sobreviver indefinidamente nos rins dos animais infectados sem provocar nenhum sintoma e, no meio ambiente, por até seis meses depois de ter sido excretado pela urina.

O contágio se dá pelo contato direto com a urina dos animais infectados ou pela exposição à água contaminada pela Leptospira, que penetra no organismo através das mucosas e da pele íntegra ou com pequenos ferimentos, e dissemina-se na corrente sanguínea.

No Brasil, os ratos urbanos (ratazanas, ratos de telhado e camundongos) são os principais transmissores da doença e o número de casos aumenta na estação das chuvas, por causa das enchentes e inundações. Infelizmente, o risco não desaparece depois que o nível das águas baixa, pois a bactéria continua ativa nos resíduos úmidos durante bastante tempo.

Sintomas

A doença pode ser assintomática. Quando se instalam, os sintomas são febre alta que começa de repente, mal-estar, dor muscular (mialgias) especialmente na panturrilha, de cabeça e no tórax, olhos vermelhos (hiperemia conjuntival), tosse, cansaço, calafrios, náuseas, diarréia, desidratação, exantemas (manchas vermelhas no corpo), meningite.

Em geral, a leptospirose é autolimitada, costuma evoluir bem e os sintomas regridem depois de três ou quatro dias. Entretanto, essa melhora pode ser transitória. Icterícia, hemorragias, complicações renais, torpor e coma são sinais da forma grave da doença, também conhecida como doença de Weil.

Diagnóstico

Na fase inicial, a leptospirose pode ser confundida com outras doenças (dengue, gripe, malária, hepatite), porque os sintomas são parecidos. Por isso, é muito importante estabelecer o diagnóstico diferencial por meio de exames sorológicos ou pelo isolamento da bactéria em cultura, no sangue ou no líquor.

Vacina e Tratamento

Quanto antes for instituído o tratamento da leptospirose, maior será a chance de evitar a evolução para quadros mais graves da doença, que sempre requerem internação hospitalar.

A conduta inclui cuidados com a hidratação, uso de antibióticos, entre eles a penicilina, e de medicamentos para aliviar os sintomas. No entanto, devem ser evitados aqueles que contêm ácido acetilsalicílico, porque aumentam o risco de sangramentos.

A vacina só está disponível para ser aplicada em animais. Mesmo assim, embora evite que fiquem doentes, não impede que sejam infectados pela Leptospira nem que transmitam a bactéria pela urina.

Recomendações

* Observe as medidas básicas de higiene. Embale bem o lixo, ferva a água ou coloque algumas gotas de hipoclorito de sódio ou de água sanitária antes de beber ou cozinhar;
* Lave bem os alimentos, especialmente frutas e verduras que serão consumidas cruas;

* Vacine seu animal e mantenha rigorosamente limpas as vasilhas em que são servidos alimentos e água;

* Não deixe as caixas d’água destampadas;


* Use luvas e botas de borracha se trabalhar em ambientes que possam ser reservatórios da Leptospira;

* Não se automedique, se suspeitar de infecção pela bactéria da leptospirose.

Colaboração: Funerária Caliman
(www.organizacaocaliman.jeitoetalento.com)

www.dicas.jeitoetalento.com



+



tendas palcos gradios

 
  "CHEERLEADERS RUSSAS_fotos jt"  
  "RECEITAS LEVES PARA O CARNAVAL_receitas jt"  
  "...Sorvetes Zeti = sorveteria, potes, picolés e sorvetes = Sorvetes Zeti..."  
 
06 - COMO AJUDAR DURANTE UMA CONVULSÃO Laxa Advogado
Hotel Pousada Colonial
 

" O que é uma convulsão?

A convulsão é uma descarga elétrica anormal que acontece no cérebro. É considerada uma doença neurológica crônica (epilepsia) porém controlável com medicamentos.

Quais os sintomas?

Durante uma crise convulsiva, em geral há uma alteração do estado de consciência. A pessoa pode ficar com o olhar “perdido”, ou aparentar estar ouvindo porém não responder nenhum questionamento. O corpo sofre tremores. Pode haver vômito, urina e defecação, uma vez que há alteração também das funções fisiológicas.

Como fazer os primeiros-socorros?

Durante uma crise, o mais importante é garantir a segurança da pessoa. O ideal é colocá-la deitada no chão, afastando móveis e objetos que possam machucar. A cabeça deve ser protegida, colocando-se um travesseiro, roupas ou segurando-a. Se a roupa for apertada, afrouxá-la, e manter o ambiente ventilado. Manter a cabeça virada para o lado, para evitar engasgos com saliva ou vômito. Não dê líquidos até ter a completa certeza de que a consciência está recobrada.

Por mais que você fique ansioso, querendo ajudar da melhor forma possível, procure aguardar a chegada do serviço de emergência. Transportar a pessoa de forma inadequada pode trazer mais riscos. Imagine a pessoa se debatendo dentro de um carro comum? Ela pode se machucar batendo a cabeça no vidro, por exemplo. É importante levá-la a um hospital? Dependendo da gravidade da crise sim, é essencial. Mas isso deve ser feito com segurança. Se além da convulsão, houver parada respiratória o cardíaca, realize os procedimentos de ressucitação cárdio-pulmonar, se souber, ou ligue novamente para o serviço de emergência e siga as instruções que foram passadas pelo telefone.

A pessoa pode engolir a língua? Precisa segurá-la?

Não é possível engolir a língua. Pela alteração do tônus muscular, ela pode parecer “escorregar” pela garganta, mas na verdade está segura e na mesma posição em que permanece quando dormirmos. Tentar segurar a língua é um risco para você que está tentando ajudar, pois pode receber uma mordida involuntária.

Quem chamar?

Assim que possível, chame um serviço de emergência, como os bombeiros ou SAMU.

Como tratar?

A convulsão deve ser tratada por um neurologista. De acordo com o histórico clínico e o resultado de um eletroencefalograma (EEG), o médico definirá o tratamento com medicamentos anti-convulsivantes. Em casos extremos, existe a possibilidade de realizar uma cirurgia que retira uma parte do cérebro onde as descargas elétricas se originam."



+





mais sabor para sua mesa

 
  "COMO LIDAR COM OS CHEIROS DA CULINÁRIA_fotos jt"  
  "O QUE LEVAR EM UMA PEREGRINAÇÃO LONGA_dicas jt"  
  "...Organização Caliman = funerária, estrutura regional = Organização Caliman..."  
 
07 - COMO CURAR A RESSACA NAS FESTAS DE FM DE ANO Dinho`s Casa de Carnes
Anuncie JT
 

 

" No final do ano as pessoas querem comemorar bastante e me todas as partes do mundo são realizadas festas e comemorações e é claro que sempre tem a festa que possui bebida alcoólica, as pessoas acabam exagerando na bebida, por isso a ressaca passou a ser a coisa mais natural principalmente depois do reveillon.

Vamos conferir aqui algumas dicas e aprender como curar ressaca nas festas de fim de ano, veja que é fácil e coisas que fazemos em casa mesmo. Você vai poder trabalhar e curtir o outro dia sem nenhuma ressaca.

Primeiramente é necessário que você saiba como evitá-la e a maioria das pessoas sabem que a ressaca se dá devido a falta de água no organismo, por isso os médicos sempre recomendam tomar um copo de água pelo menos de 40 em 40 minutos enquanto você estiver bebendo.

Quando voce estiver bebendo não se esqueça de beber água.

No dia seguinte não fique exposto ao sol.

Durma o tanto que seu corpo necessita.

Se alimente bem, Abuse das verduras e legumes durante o dia;
Os vegetais são leves e de fácil digestão, darão o descanso necessário para o organismo reagir além de fortalecer os rins e o fígado, órgãos responsáveis pela desintoxicação.

Tome bastante líquidos.

Receitas de sucos para curar a ressaca

Bata no liquidificador:

Meia maçã picada
Meia cenoura
Suco de uma laranja pêra ou um copo de água de côco
Um talo de aipo ou salsão

Adoce com pouco açúcar e tome três copos ao dia, mesmo que a sensação de ressaca já tenha passado.
Chá batido com pêra

Um copo de chá de alecrim, erva doce ou camomila
Meia pêra picada
Meio copo de suco de acerola
Açúcar a gosto

Bata tudo no liquidificador e tome três vezes ao dia.

Suco de abacaxi com hortelã

Três a quatro fatias de abacaxi
Um copo de água de côco
Três a quatro folhas de hortelã
Açúcar a gosto

Bata no liquidificador e tome até três vezes ao dia."

www.dicas.jeitoetalento.com



+



dicas jeito e talento

 
  "AS SETE NOVAS MARAVILHAS DO MUNDO_curiosidades jt"  
  "COMO RETIRAR ANEL DO DEDO INCHADO_dicas jt"  
  "...Stúdio Transforma = multimídia = Stúdio Transforma..."  
 
08 - DICAS PARA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS PARA TRANSPLANTE Sartori Informática
Studio Transforma
 

"• Quem pode e quem não pode ser doador?
A doação pressupõe critérios mínimos de seleção. Idade, o diagnóstico que levou à morte clínica e tipo sangüíneo são itens estudados do provável doador para saber se há receptor compatível. Não existe restrição absoluta à doação de órgãos a não ser para aidéticos e pessoas com doenças infecciosas ativas. Em geral, fumantes não são doadores de pulmão.


• Quando podemos doar?
A doação de órgãos como rim, parte do fígado e da medula óssea pode ser feita em vida. Em geral, a pessoa se torna doadora em situação de morte encefálica e quando a família autoriza a retirada dos órgãos. A Lei nº 10.211, de março de 2001, dá plenos poderes para a família doar ou não os órgãos de seus parentes mortos

O que é morte encefálica?

É a parada definitiva e irreversível do encéfalo (cérebro e tronco cerebral), provocando em poucos minutos a falência de todo o organismo. É a morte propriamente dita.

• Quem recebe os órgãos doados?
Testes laboratoriais confirmam a compatibilidade entre doador e receptor. Após os exames, a triagem é feita com base em critérios como tempo de espera e urgência do procedimento.
• Que partes do corpo podem ser aproveitadas para transplante?
O mais freqüente: 2 rins, 2 pulmões, coração, fígado e pâncreas, 2 córneas, 3 válvulas cardíacas, ossos do ouvido interno, cartilagem costal, crista ilíaca, cabeça do fêmur, tendão da patela, ossos longos, fascia lata, veia safena, pele. Um único doador tem a chance de salvar, ou melhorar a qualidade de vida, de pelo menos 25 pessoas.

• O que acontece depois de autorizada a doação?
Desde que haja receptores compatíveis, a retirada dos órgãos é realizada por várias equipes de cirurgiões, cada qual especializada em um determinado órgão. O corpo é liberado após, no máximo, 48 horas.

• Podemos escolher o receptor?
Nem o doador, nem a família podem escolher o receptor. Este será sempre indicado pela Central de Transplantes. A não ser no caso de doação em vida.

• Quais os riscos e até que ponto um transplante interfere na vida de uma pessoa?
Além dos riscos inerentes a uma cirurgia de grande porte, os principais problemas são infecção e rejeição. Para controlar esses efeitos o transplantado usa medicamentos pelo resto da vida. Transplante não é cura, mas um tratamento que pode prolongar a vida com muito melhor qualidade.

• Quem são beneficiados com os transplantes?
Milhares de pessoas, inclusive crianças, todos os anos, contraem doenças cujo único tratamento é um transplante. A espera por um doador, que muitas vezes não aparece, é dramática e adoece também um círculo grande de pessoas da família e de amigos.

• Quem paga os procedimentos de doação?
A família não paga pelos procedimentos de manutenção do doador nem pela retirada dos órgãos. A cobertura destas despesas é feita pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A maioria dos planos privados de saúde não cobre este tipo de procedimento.

Fonte: Biblioteca Virtual em Saúde/por FOL

Colaboração: Funerária Caliman (www.organizacaocaliman.jeitoetalento.com)

 



+





motel apartamentos suítes

 
  "OS TIPOS DE INSTRUMENTOS DE PERCUSSÃO_curiosidades jt"  
  "FRASES ENGRAÇADAS_piadas jt"  
  "...Valdirart Design = design gráfico = Valdirart Design..."  
 
09 - COMO PREVENIR AS DORES NOS JOELHOS Disk Àgua Canuto
 Organização Caliman
 

 

"Das 187 articulações existentes no corpo humano, as articulações dos joelhos são as que trazem mais sofrimento. Ai vão algumas dicas de como melhorar e enfrentar o grande problema das dores nos joelhos.


Quase todas as atividades que realizamos sobrecarregam estas articulações, desde o simples caminhar até às actividades mais exigentes, como o exercício físico.

Diminua a carga exercida sobre o joelho:
O peso do corpo é o principal fator que causa os problemas nos joelhos. Só para ter uma ideia, cada quilo a mais no nosso corpo equivale a 6 vezes a tensão exercida sobre a zona do joelho. Por isso mesmo, preocupe-se em manter o seu peso regularizado, de forma a prevenir problemas graves nas articulações dos joelhos.

Não use aparelhos para proteger os joelhos:
Especialistas advertem para o perigo das protecções dos joelhos. Estes complexos e caros aparelhos são concebidos para casos muitos específicos, fazendo na maior parte das vezes, mais mal do que bem.

Experimente uma massagem calmante:
Existem loções para o joelho, à base de gaultéria por exemplo, que produzem calor, aliviando os sintomas, dando uma boa sensação de conforto ao joelho. Envolvendo o joelho numa faixa plástica, após a aplicação da loção, pode aumentar o calor produzido, sendo uma boa solução para prolongar o seu efeito. No entanto, há que ter cuidado para evitar possíveis queimaduras da pele ou possíveis irritações na mesma.

Use analgésicos:
O ibuprofeno é bastante recomendado pelos especialistas, pois reduz a inflamação dos joelhos e proporciona o alívio da dor, sem provocar problemas de estômago associados à aspirina. O acetaminofeno também poderá ser usado, mas contribui em menor escala para a redução da inflamação. Segundo estudos realizados, o ibuprofeno melhora significativamente a mobilidade articular em pessoas que sofram de lesões agudas dos ligamentos dos joelhos. Comparado à aspirina e ao acetaminofeno, o ibuprofeno é mesmo o melhor dos três.

Fortaleça o joelho com exercício físico:
O joelho é mantido na sua posição apenas pelos músculos e ligamentos. É por isso importante que se fortaleçam os músculos já que são eles a principal estrutura de suporte. Quem padeça de dor dos joelhos deverá fazer algum exercício físico, mesmo que o deteste, já que este exercício físico será menos doloroso que as próprias dores nos joelhos. Siga os exercícios que se seguem:

Reforçador isométrico do joelho:
Tal como dizíamos, o músculo quadricípite e o tendão da curva da perna são os músculos principais a fortalecer com o exercício físico. Para o primeiro, que está na parte anterior da perna, recomenda-se:

Sente-se no chão, com a perna do joelho afectado bem direita. Colocar um rolo, feito de uma toalha, sob a curva da perna e contrair os músculos desta, sem fazer movimentos do joelho. Manter a contracção durante pelo menos 30 segundos e relaxar o músculo. Repetir este exercício durante 25 vezes.

Elevação das pernas na posição sentado:
Para quem tem um ou ambos os joelhos fatigados recomenda-se o seguinte exercício:

Sente-se de costas contra uma parede, com uma almofada para apoio das costas. Encostando-se à parede está a garantir que os músculos das pernas assegurem o levantamento e ao mesmo tempo, que não surjam dores lombares. Nesta posição executar a contração isométrica descrita anteriormente, durante até 5 segundos. Erguer as pernas alguns centímetros acima do solo, voltando depois à posição inicial. Descontrair os músculos durante uma nova contagem até 5. Este exercício deve ser executado em 3 grupos de 10 repetições cada, não esquecendo da contagem até 5 para o ritmo de execução.

Auxiliar dos bicípites:
Aumentar a força nos joelhos, implica não só o fortalecimento dos quadricípite como também o fortalecimento dos músculos bicípites, que estão localizados na parte posterior das pernas. Convém manter o equilíbrio afim de exercitar os dois grupos.

Para fortalecer os músculos da parte posterior da perna, recomenda-se o seguinte exercício:

Deite-se de barriga para baixo com o queixo no chão. Colocar um peso nos tornozelos, por exemplo, uma toalha com uma ou duas pedras. Dobre as pernas, elevando os joelhos. Eleve a perna, propriamente dita, cerca de 15 a 30 centímetros do chão e volte a baixá-la, com uma paragem de movimento antes de tocar no chão. Repita o movimento com lentidão e firmeza. Repita 3 conjuntos de movimentos o mais confortavelmente possível. Se por acaso, algum dos exercícios provocar dor ou desconforto, deverá parar de imediato!

Alterar o ritmo e frequência do exercício físico:
Recomenda-se aos atletas com problemas crónicos nos joelhos, que alterem o nível de treino ou actividade diária. Se joga ténis, por exemplo, o estado dos seus joelhos tem vindo a piorar, o mais aconselhável é mesmo que largue o ténis e opte por outros desportos, como a natação, ciclismo ou remo, atividades que exigem menores esforços dos joelhos.

Piso de corrida menos duro:
Para os atletas, uma corrida realizada de uma forma errada poderá agravar em muito a situação dos seus joelhos. Alterar o calçado de corrida ou correr num piso mais macio, poderão ser duas grandes ajudas na prevenção ou melhoria do estado dos seus joelhos.

Faça “REGE COM ELE” quanto baste:
Após uma atividade que provoque dor nos joelhos, repouse de imediato a região com dor e aplique-lhe gelo e compressão, mantendo-a elevada durante mais ou menos 20 minutos. O acrónimo REGE COM ELE serve para lembrar estes procedimentos: RE para repouso, GE para gelo, COM para compressão e ELE para elevação.

Use gelo sempre que sentir dores:
Não subestime o poder do gelo, já que este é um fabuloso anti-inflamatório e é muito útil em variadas circunstâncias. O primeiro passo para o alívio da dor, deverá ser sempre o uso de gelo, durante 20 a 30 minutos.

Faça uso do calor:
Usar uma almofada com aquecimento antes de se iniciar uma actividade, caso não haja inchaço no local, poderá ser benéfico para a realização do exercício com menos dor. No entanto, caso haja ou possa vir a existir inchaço, o calor é algo a não usar.

Após a actividade física não é recomendado o uso de calor, já que este poderá intensificar alguma irritação que já exista no local da dor.

Use sapatos com um bom piso:
Uns sapatos em bom estado, amortecem com mais eficácia o choque numa corrida, protegendo o interior do joelho, o pé e a canela e até a anca e a coluna vertebral.

Para atletas que façam mais de 40 quilómetros semanais, aconselha-se a troca de sapatos de corrida de 2 em 2 ou de 3 em 3 meses. Para corredores que façam menos que essa quilometragem, é aconselhada a troca de sapatos de 4 em 4 ou de 6 em 6 meses.

Para os praticantes de dança aeróbica e para os jogadores de basquetebol ou ténis, praticantes durante 2 vezes por semana, pode trocar de sapatos ao fim de 4 a 6 meses. Para quem pratique 4 ou mais vezes por semana, recomenda-se novos sapatos ao fim de 2 meses.

O melhor exercício para as dores nos joelhos:
O ciclismo é um dos melhores desportos para manter a forma física e evitar esforços exagerados sobre os joelhos, quando executado com as devidas precauções, como o evitar muitas subidas ou mudanças pesadas na bicicleta. O ideal

O ideal na prática do ciclismo é o pedalar rapidamente em carretos cómodos, ou seja, de menor dimensão possível.

Aliviar a dor nos joelhos instantaneamente:
Poderá experimentar libertar-se da dor nos joelhos, fazendo deslizar a mão sobre o joelho e ao longo da face anterior da coxa, durante 7 a 8 centímetros e deslocá-la para dentro mais 5 a 10 centímetros. Com a cabeça do polegar, faça pressão firmemente para baixo, mantendo até sentir a descontracção do músculo. Após levantar o dedo, demora cerca de 30 a 90 segundos a surtir efeito.

Descontracção acima de tudo:
O exercício físico de qualidade é preferível que o exercício em quantidade, tendo em especial atenção aos movimentos de descontracção.

O principal do exercício físico é mesmo o aquecimento e a descontracção ou relaxamento. No mínimo deve utilizar cerca de 10 minutos para exercícios de distensão, com objectivo de descontrair ligeiramente os músculos. De seguida optar por exercícios aeróbicos, como a corrida lenta, no mesmo local, ou marcha. Depois estique-se no chão e tente contrabalançar o efeito dos repetidos esforços a que os joelhos foram sujeitos.

Um bom exercício de distensão, que pode ser usado após o trabalho por exemplo, é o seguinte:

Deitado de costas, puxe os joelhos até ao queixo. Depois estenda uma perna para cima, como se estivesse a empurrar o tecto com o calcanhar. Prolongar durante uma contagem até 10 e descansar de seguida. Repetir com a outra perna.

Se teve a jogar, por exemplo, um pouco de futebol e ouviu um estalido no joelho e ficou cheio de dores e se acordou com o joelho inchado e cheio de dores, ou com a pele ligeiramente descolorada ou com a perda de movimentos, poderá ter 3 tipos de lesões: rotura da cartilagem, rotura de ligamentos ou ambas.

O procedimento a seguir é colocar gelo no joelho e consultar o mais breve possível um médico."

www.dicas.jeitoetalento.com



+



dicas jeito e talento

 
  "CRESCIMENTO DE UM RN_curiosidades jt"  
  "DINOSSAUROS_curiosidades jt"  
  "...Belíntima Lingerie = lingerie, calcinhas, cueca, biquini, maiô = Belíntima Lingerie..."  
 
10 - COMO TRATAR UMA CONGESTÃO NASAL Belintima
 

Resumo

Uma congestão nasal pode ter várias causas: um resfriado produzido por uma infecção viral, um quadro de alergia (rinite alérgica) ou uma sinusite, por exemplo. Conheça 11 soluções bem simples para evitar o mal-estar de respirar mal.

Passos:

1 -
Utilize descongestionantes inaláveis durante três ou quatro dias, respeitando o intervalo de aplicação recomendado pelo fabricante, para depois não ficar ainda mais congestionado quando o efeito passar.

2 - Consulte o seu médico para saber se você pode tomar descongestionantes por via oral. Esses remédios são contraindicados para determinados pacientes.


3-
Experimente inaladores mentolados para ver se eles aliviam o seu desconforto.

4 - Os antialérgicos só dão resultado se a congestão for causada por um quadro alérgico.

5 - Evite usar remédios que combinam vários tipos de substância, como analgésicos, antialérgicos e descongestionantes.

6 - Tome bastante líquido, para ajudar a tornar as secreções menos espessas.

7 - Se você não tiver tosse, nebulizações não farão efeito.

8 - Se o resfriado estiver acompanhado de tosse, faça nebulizações com soro fisiológico.

9 - Encha o banheiro de vapor, abrindo o chuveiro de água quente, e respire com a boca aberta entre cinco e dez minutos, de três a quatro vezes por dia.

10 - Ingerir vitamina C não reduz nem evita a congestão nasal.

11 - Não fume e evite permanecer em lugares onde alguém estiver fumando.

 



+





decorações - ambientações - floricultura

 
  "COMO CONSTRUIR UMA CASA NA ÁRVORE_dicas jt"  
  "MELHORES PILOTOS DA F-1_curiosidades jt"  
  "...Arroz do Vale = coma arroz - arroz é saúde = Arroz do Vale..."  
     
Recomende: facebook | twitter | orkut | msn (contato@jeitoetalento.com)
 
 
 
DICAS

DICAS
 
    << 01 ... 01 02 03 ... 03 >> MENU  
 
VEJA TAMBÉM
"www.anuncios.jeitoetalento.com" __________ PORTAL __________ "www.anuncios.jeitoetalento.com"
Studio Mister Ladies
 Organização Caliman
Dinho`s Casa de Carnes
Disk Àgua Canuto
Tendas Global
Belintima
Anuncie JT
Controller
"__www.arrozdovale.jeitoetalento.com__" BUSCA (JT) "__www.enigmas.jeitoetalento.com__"
Loading